Conectado por

Geral

Produção de soja no RS pode ter prejuízo de R$ 14 bilhões pela seca

O setor agrícola gaúcho pode sofrer um prejuízo superior a R$ 19 bilhões, por causa da estiagem que atinge o Rio Grande do Sul.

A estimativa é da FecoAgro – a Federação das Cooperativas Agropecuárias do Estado.

As produções de soja e de milho são as mais afetadas. No caso da soja, a perda da cultura pode chegar a R$ 14 bilhões de reais.

Segundo informações da Defesa Civil do Estado, mais de 240 municípios gaúchos decretaram situação de emergência por causa da falta de chuvas. Pelo menos 60 tiveram essa emergência reconhecida pela União.

Para auxiliar produtores que estão enfrentando perdas, a ministra da agricultura Tereza Cristina afirmou que o ministério está em contato com 15 seguradoras, a fim de ampliar o seguro rural.

Além do Rio Grande do Sul, a ministra visitou, entre a quarta (12) e a quinta-feira (13), os Estados do Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul, que também enfrentam estiagem.

Pelo menos até domingo, todo o Estado do Rio Grande do Sul, e partes do Paraná e de Santa Catarina estão em alerta de Perigo por causa da onda de calor.

Na capital gaúcha, Porto Alegre, os termômetros seguem na casa dos 38º C. O calor só deve começar a se dissipar na próxima semana, com as pancadas de chuva previstas para a região.

*Com supervisão de Graziele Bezerra

Economia Brasília 14/01/2022 – 18:02 Graziele Bezerra / Guilherme Strozi Lucas Cupertino* – Estagiário da Rádio Nacional Soja crise climática agronegócio Milho estiagem Seca sexta-feira, 14 Janeiro, 2022 – 18:02 1:18

Fonte: Ag. Brasil

Mais notícias