Conectado por

DJ90

Geral

Costureiras de 25 comunidades do Rio vão produzir máscaras para trabalhadores que não podem parar

Publicado por

em

Cerca de 600 costureiras do Rio de Janeiro vão ajudar a produzir 1,8 milhão máscaras de pano para serem entregues a trabalhadores que não podem parar durante a pandemia do coronavírus.

500 trabalhadoras são de 25 comunidades como Rocinha, Maré, Vidigal, Alemão e Pavão-Pavãozinho. As outras costureiras fazem parte de um grupo de artesãs.

A iniciativa é da prefeitura do Rio. A estimativa é que sejam aportados mais de R$ 4 milhões para a confecção dos acessórios, que se tornaram essenciais para conter a disseminação do vírus.

 

As costureiras vão receber uma ajuda de custo e todo o material para a confecção das máscaras. A estimativa é que cada uma delas entregue cerca de 3 mil máscaras por mês. A distribuição deve começar até o final da próxima semana, em estações de trem, metrô e BRT.

Fonte: Ag. Brasil

Publicidade