Conectado por

Geral

Presidente do Senado diz que eleições no Brasil são inegociáveis

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, convocou uma coletiva de imprensa, na tarde de hoje (09), para defender a independência do Legislativo em relação aos outros poderes e afirmar que as eleições do ano que vem no Brasil não são negociáveis. 

Ele reafirmou o compromisso com os valores democráticos e com a Constituição Brasileira, e que não vai admitir nenhum retrocesso.

A manifestação de Rodrigo Pacheco ocorre após as declarações do presidente Jair Bolsonaro sobre supostas fraudes nas eleições de 2014. Bolsonaro disse também que, com o sistema atual, há o risco do pleito de 2022 não acontecer.

Em nota, o Tribunal Superior Eleitoral declarou que, desde a implantação das urnas eletrônicas em 1996, jamais se documentou qualquer episódio de fraude.

Em relação às eleições de 2014, o Tribunal disse que o PSDB, partido que disputou o segundo turno das eleições presidenciais, realizou auditoria no sistema de votação e reconheceu a legitimidade dos resultados.

Política Rodrigo Pacheco defende que democracia no país não tenha retrocessos Brasília 09/07/2021 – 21:58 Bianca Paiva / Guilherme Strozi Kariane Costa – Repórter da Rádio Nacional Eleições Democracia sexta-feira, 9 Julho, 2021 – 21:58 1:48

Fonte: Ag. Brasil

Mais notícias