Conectado por

Geral

Médico comprova eficácia de Constelação Familiar em tratamento do câncer infantil

Com 28 anos de formação, o médico psiquiatra Dr. Robinson Cardoso Machado, finalizou em dezembro de 2020 seu doutorado em Biotecnologia, Inovação e Saúde pela Emil Brunner World University (Miami), tendo título reconhecido pela Universidade Anhanguera de São Paulo (UNIAN). Com o tema “A aplicação da terapia da constelação familiar para crianças e familiares com câncer infantil”, o médico tem em sua conclusão comprovado a eficácia da dinâmica durante o tratamento oncológico das crianças perante a vida familiar e demais relações interpessoais.

Na época em que era coordenador do núcleo criança e vida de oncologia infantil, Dr. Robinson Machado percebia que a doença piorava quando os pais e cuidadores não tinham o equilíbrio emocional e isso impactava diretamente na saúde física e imunológica dos pacientes. “Por quatro anos estudei constelações familiares pelo Vida Plena e La Monteira (Espanha) e percebi a importância dessa técnica para as famílias no aspecto psicológico e emocional”, relembrou sobre os motivos que o levou a se dedicar ao estudo.

A metodologia escolhida avaliou dois grupos, um focado no tratamento tradicional do câncer de forma multidisciplinar, e outro grupo no qual foi aplicado a técnica das constelações baseada na psicologia e no conhecimento do psicoterapeuta Bert Hellinger, que trouxe da cultura africana essa dinâmica com o objetivo de trazer uma ordem social e emocional para as relações como um todo, desde familiar, amigáveis e de ambiente de trabalho. “Vimos que quando tratamos de pessoas e famílias disfuncionais através de uma ordem emocional, os envolvidos se sentem mais seguros, confiantes e mais tranquilos, com mais capacidade de lidar com as adversidades como é o câncer infantil. Uma criança com câncer desestabiliza toda a família desde a parte física, emocional, espiritual e financeira. E quanto você busca esse equilíbrio, naturalmente a criança responde muito melhor ao tratamento, que é bastante invasivo”, afirmou Dr. Robinson C. Machado.

Comprovações

A melhoria no contexto social a partir dessa terapia é proporcionar às famílias um aporte terapêutico seguro no enfrentamento do câncer na infância. Trabalhar o equilíbrio através de um novo olhar da psicologia nos atendimentos, fez com que houvesse mudanças concretas no contexto social das crianças atendidas no estudo. “Na linha de biotecnologias e inovação foi visível a diferença com a aplicação da técnica e seus efeitos na melhoria da imunidade das crianças, que aceitaram melhor o tratamento com as quimios e rádio, no dia a dia entre familiares”, assegurou Dr. Robinson Machado, que também ocupa hoje o cargo de presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado de Rondônia (Cremero).

The post Médico comprova eficácia de Constelação Familiar em tratamento do câncer infantil first appeared on Portalrondonia.com Notícias locais e do Brasil.