Conectado por



Nacional

Falsa automação: Amazon contratou indianos para conferir compras em lojas de conveniência sem caixas


Compartilhe:

Publicado por

em

A Amazon recentemente anunciou uma mudança significativa em suas operações de supermercado. A empresa está gradualmente descontinuando a tecnologia “Just Walk Out”, que eliminava os caixas de pagamentos de lojas de conveniência dos EUA, utilizando câmeras e sensores para monitorar os itens adquiridos.

Apesar de inovador, o sistema “Just Walk Out”, que está presente em pouco mais da metade das lojas Amazon Fresh, enfrentou desafios, incluindo a necessidade de mais de 1.000 funcionários na Índia para assistir e etiquetar vídeos a fim de garantir o processamento correto das compras. A solução, que parecia totalmente automatizada, na prática transferia o trabalho dos caixas para uma equipe remota.

Em substituição, a Amazon está implementando os “Dash Carts”, carrinhos de compras equipados com scanner e tela, permitindo que os consumidores escaneiem e paguem pelos produtos conforme fazem suas compras. Além disso, as lojas Amazon Fresh passarão a contar com caixas de autoatendimento, disponíveis para clientes que não são membros da Amazon.

Esta transição marca um afastamento da audaciosa inovação “Just Walk Out”, introduzida em 2016, que, apesar de seu potencial disruptivo, enfrentou obstáculos operacionais e financeiros, incluindo o alto custo do sistema de sensores e câmeras, bem como atrasos na emissão de recibos devido à revisão manual das gravações.

A mudança para os “Dash Carts” reflete uma busca por soluções mais confiáveis e acessíveis, em contraste com as complexidades e custos associados ao “Just Walk Out”. Ainda que a Amazon mantenha a tecnologia em um número limitado de lojas no Reino Unido e em algumas de suas lojas de conveniência Amazon Go, a empresa está claramente reavaliando suas estratégias no competitivo mercado de supermercados.

Com mais de 40 lojas Amazon Fresh nos Estados Unidos, além da propriedade da rede Whole Foods, a Amazon continua explorando formas de consolidar sua presença no setor de supermercados, enfrentando gigantes como Walmart, Costco e Kroger.

Fonte: Exame

Publicidade

Mais notícias

Compartilhe: