Conectado por

DJ90

Geral

Cuidadores são negligenciados em vacinação contra Covid-19

Publicado por

em

Pesquisadores da Fiocruz, no Rio de Janeiro, reforçaram nesta sexta-feira, durante um seminário, a urgência da adoção de critérios mais justos para vacinação de idosos e cuidadores em todo o país.

Recentemente, a Fundação emitiu uma nota técnica alertando para a necessidade de que idosos com limitação da capacidade funcional sejam considerados prioridade, independentemente da idade, assim como a adoção de estratégias para vacinar esses idosos em casa e incluir, também, os cuidadores, sejam eles familiares ou contratados.

Apesar dessa última categoria estar contemplada no Plano Nacional de Imunizações, na prática a vacinação desses profissionais não vem ocorrendo em várias cidades.

Segundo o pesquisador Daniel Groisman, um dos autores da Nota Técnica, a estimativa é de que haja no país atualmente cerca de um milhão de cuidadores remunerados. Mais de 90% deles são mulheres e poucas têm a carteira assinada, o que dificultaria a comprovação profissional para acesso à vacina.

Outra autora da nota, a médica e pesquisadora Karla Giacomin lembrou também que cerca de 80% dos cuidadores familiares que trabalham em residências estão em situação de vulnerabilidade e a grande maioria são mulheres.

Dália Romero, coordenadora do Grupo de Informação e Envelhecimento, que também assina a nota, defendeu a inclusão do critério de capacidade funcional para vacinação de idosos como a alternativa mais justa nesse cenário de escassez de vacinas.

Segundo a nota da Fiocruz, no Brasil existem 5,2 milhões de idosos que necessitam de ajuda para as suas atividades da vida diária.

Saúde Pesquisadores alertam que cidades não estão imunizando categoria Rio de Janeiro Fabiana Sampaio Cuidadores Vacinação vacina covid-19 Grupo Prioritário Fiocruz Trabalho não remunerado Trabalho feminino Notícias Fabiana Sampaio sexta-feira, 12 Fevereiro, 2021 – 21:54 215:00

Fonte: Ag. Brasil

Todos os direitos reservados para @noticiasderondonia.com.br - noticias@noticiasderondonia.com.br