Conectado por

Nacional

Cinco perguntas de Jeff Bezos para uma vida mais feliz

O bilionário Jeff Bezos é conhecido pela sua capacidade empreendedora e por seus conselhos. Com uma trajetória de aprendizados até à fortuna, o empresário dá dicas a empreendedores, aponta quais são as perguntas que fazem a Amazon contratar candidatos e ressalta que, para ter sucesso na vida, é necessário “ter paixão” pelo que se faz. Contudo, além de descobrir o que motiva profissionais em suas carreiras, o bilionário defende que é necessário fazer escolhas que levem as pessoas a atingirem seus objetivos.

Diante da importância de tomar decisões no dia a dia, como identificar as principais questões que têm de ser respondidas com prioridade para orientar a própria trajetória? Para o empresário, cinco questões podem ajudar a pensar sobre o rumo da vida de qualquer um:

  1. A inércia será seu guia, ou você seguirá suas paixões?
  2. Você escolherá uma vida tranquila ou uma vida de aventura?
  3. Você vai desanimar diante das críticas ou vai continuar seguindo suas convicções?
  4. Você vai blefar quando estiver errado ou vai pedir desculpas?
  5. Você será inteligente às custas dos outros ou será gentil?

Especialmente em tempos economicamente difíceis, com o desemprego batendo recordes no Brasil, seguir uma carreira diferente ou tomar decisões fora da zona de conforto pode parecer um problema e tanto. Mas, segundo o bilionário, uma vida de arrependimentos pode ter consequências muito difíceis. Isso não significa que seja fácil lidar com as críticas. Para lidar com elas, mecanismos como a Escuta Integral e a Gentileza podem ajudar a enfrentar esses momentos. 

“Quando você tiver 80 anos e em um momento tranquilo de reflexão pensar em sua trajetória, a narrativa mais compacta e significativa será o conjunto de escolhas que você fez. Nós somos nossas escolas”, diz Bezos. A afirmação faz sentido. Pesquisas mostram que a maior parte das pessoas (76%) se arrepende de ações que não tomaram ao longo da vida e que as ajudariam a estarem mais próximas de suas versões idealizadas deles mesmos.

É, de certa forma, o que o bilionário tem feito com a sua empresa de exploração espacial, a Blue Origin. “Quero embarcar neste voo porque é uma coisa que sempre quis fazer durante toda a minha vida. É uma aventura, um grande negócio para mim”, disse Bezos em um vídeo postado no Instagram no dia 7 de junho.

A verdade é que, vez ou outra, todo mundo faz alguma escola da qual se arrepende. Do bilionário, a lição que fica é que muitas experiências ao longo da vida terão falhas, mas “grandes fracassos” são uma parte necessária da jornada para o sucesso e para uma vida mais feliz.

A digitalização do mercado de trabalho vai roubar seu emprego? Saiba como se adaptar. Assine a EXAME.

Fonte: Exame

Mais notícias