Conectado por

DJ90

Geral

Cidade de São Paulo começa a ampliar testagem para diagnóstico do coronavírus

Publicado por

em

O programa de ampliação do diagnóstico em São Paulo começou nesta sexta-feira (15), com aplicação de testes rapidos em policiais militares e familiares. Os testes estão sendo feitos em pontos de testagem montados em 20 batalhões na capital paulista. Em 20 dias, a promessa é fazer 145 mil exames.

 

Os policiais militares são um dos grupos que vão ter acesso a testes na primeira fase do programa de ampliação. Além deles, também vão ter testagem em massa profissionais de saúde, pessoas privadas de liberdade, doadores de sangue e idosos que vivem em abrigos. Quem tiver resultado positivo vai fazer o exame confirmatório.

 

Na segunda e terceiras fases do programa de ampliação de diagnóstico, começam a ser testados também pacientes com sintomas leves de Covid-19. Nesse caso, o exame que vai ser usado é o PCR, que detecta o vírus e não os anticorpos. Por enquanto, esses exames estavam restritos aos casos graves da doença.

 

Segundo o coordenador do Centro de Contingência para o Coronavírus, Dimas Covas, o objetivo é elevar o índice de cobertura de exames no estado de São Paulo aos índices alcançados na Espanha e Itália.

 

São Paulo continua concentrando o maior número de casos de coronavírus no país. Nesta sexta-feira, o número de casos passou de 58 mil, e foram registrados mais 186 óbitos. Com isso, chega a 4505 o número de pessoas que morreram por Covid-19 no estado.

Fonte: Ag. Brasil