Conectado por

Geral

Chuvas atingem Piauí, Pernambuco, Tocantins e Minas Gerais

Em Teresina, no Piauí, somente nos primeiros dias do ano, choveu mais que o volume esperado para todo o mês de janeiro, cerca de 199,6 milímetros. A grande quantidade de água causou estragos na capital piauiense e por isso a prefeitura decretou situação de emergência na cidade. Segundo a Defesa Civil, mais de 400 famílias foram afetadas pelo temporal e destas, cerca de 200 estão desabrigadas.

Entre os prejuízos, está o bloqueio e interdição de estradas e a elevação de nível dos rios Parnaíba e Poti, que ameaçam transbordar e atingir cerca de 17 mil pessoas, que vivem em regiões de risco.

Apesar da situação de emergência, o Governo do Piauí, por meio de nota, informou que a situação está controlada e que técnicos estão monitorando os cursos dos rios.

Outra cidade afetada pelos temporais é a capital pernambucana, Recife, que registrou em apenas 12 horas, 64% do esperado para todo o mês de janeiro, segundo a APAC, Agência Pernambucana De Águas e Clima. A chuva inundou casas e alagou ruas em diversos pontos do Recife. Quem precisou sair de casa, enfrentou transtornos com a água acumulada em algumas das principais avenidas da cidade.

Em Minas Gerais, o Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, sobrevoou municípios da região norte do estado, atingidos pelas chuvas. Segundo o ministro, o Governo Federal reconhece a situação de emergência de 77 cidades mineiras e já foi liberado 47 milhões de reais para ações de resposta.  

Em Tocantins subiu para 340 o número de pessoas desabrigas e 114 desalojadas, por causa de enchentes no estado. Ao todo, 35 municípios foram afetados por cheias de rios.

*Com supervisão de Raquel Mariano

Geral Brasília 03/01/2022 – 19:18 Raquel Mariano / Beatriz Arcoverde Igor Cardim* – estagiário da Rádio Nacional Chuvas segunda-feira, 3 Janeiro, 2022 – 19:18 1:53

Fonte: Ag. Brasil

Mais notícias