Conectado por

DJ90

Geral

Celso de Mello libera vídeo de reunião ministerial para Moro, PGR e Polícia Federal

Publicado por

em

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Celso de Mello, liberou o vídeo da reunião ministerial citada no depoimento do ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro, para que possam assistir ao material a defesa do ex-juiz; o Procurador-geral da República e a delegada da Polícia Federal responsável pelo inquérito que apura a denúncia de interferência do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal.

 

Ao pedir demissão, o ex-ministro Sérgio Moro acusou Bolsonaro de tentar interferir na PF para ter acesso a informações de inteligência. O ex-ministro chegou a dar um depoimento de mais de 8 horas na superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

 

Moro cita que foi pressionado pelo presidente na presença de outros ministros e indicou determinada reunião como prova da suposta interferência na Polícia Federal. O vídeo da reunião foi solicitado pelo ministro Celso de Mello e, após recorrer da decisão, a AGU, a Advocacia-Geral da União, entregou a íntegra do material na última sexta-feira. O advogado-geral da União, José Levi, também terá acesso ao conteúdo.

 

Celso de Mello argumentou que o acesso ao vídeo da reunião será importante para orientar a formulação das perguntas a serem feitas aos ministros citados por Moro como testemunhas da suposta tentativa de interferência na PF. A exibição do vídeo será em uma apresentação única na sede da Polícia Federal, em Brasília.

 

Apesar de manter o vídeo em sigilo, Celso de Mello afirma, no despacho, que, em breve, vai decidir sobre uma eventual divulgação total ou parcial do material.

 

Fonte: Ag. Brasil