Conectado por

DJ90

Geral

Brasil tem 16.792 mortes por coronavírus e mais de 254 mil casos confirmados

Publicado por

em

O Brasil ultrapassou os 254 mil casos confirmados para o coronavírus. Só nas últimas 24 horas, foram mais de 13 mil casos registrados. No período também ocorreram 674 mortes, totalizando 16.792 óbitos em todo o país.

O Ministério da Saúde apontou, nesta segunda-feira, que o país já é o quarto em números absolutos de casos confirmados para a doença e o sexto em número de óbitos no mundo.

Eduardo Macário, secretário substituo de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, ressalta que, na comparação proporcional, o Brasil é o 18º do mundo por cada um milhão de habitantes e o 38º em número de casos confirmados para a Covid-19.

Os dados divulgados mostram um número de letalidade muito maior entre os pretos e pardos no país. Enquanto cerca de 47% dessas pessoas estão hospitalizadas por síndrome respiratória aguda grave, cerca de 55% dos mortos são de pretos e pardos. Enquanto isso, os brancos representam 51% dos internados e 43% dos mortos.

O Ministério da Saúde informou que já foram entregues 823 respiradores em 16 estados, incluindo os 266 enviados no último final de semana para o Amazonas, Goiás, Maranhão, Pará, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rondônia e São Paulo.

Élcio Franco, secretário-executivo adjunto do Ministério da Saúde, afirma que distribuição dos respiradores está sendo feita assim que os aparelhos são recebidos dos fornecedores.

Em relação à campanha contra a gripe, já foram vacinados 43 milhões de pessoas no país. A vacina não previne o coronavírus, mas evita que a população fique exposta a outras doenças respiratórias, reduzindo a procura por serviços de saúde.

Nessa segunda-feira, começou a vacinação de professores e adultos de 55 a 59 anos. A imunização vai até de 5 de junho, com investimento de R$ 1 bilhão em mais de 79 milhões de doses contra a gripe.

O Ministério da Saúde informou que já foram destinados a estados e municípios mais de R$ 5 bilhões para o enfrentamento ao coronavírus.

Sobre o protocolo para análise do isolamento social, o ministério ressaltou que ainda está sendo pactuado com os conselhos de secretários de saúde, junto com as orientações para tratamento de pacientes, incluindo remédios a serem usados e testagem em massa da população.

Fonte: Ag. Brasil