Conectado por

Nacional

Bezos não acredita em ‘balanço’ entre vida pessoal e profissional 

O dono da Amazon, Jeff Bezos, é conhecido por suas posições inovadoras em relação ao trabalho. E isso passa desde a seleção e recrutamento de talentos até em como ele lida e espera que seus funcionários equilibrem a vida no escritório com a vida pessoal. Para um dos homens mais ricos do mundo, não se trata de um “balanço” entre as duas partes, e sim de um “círculo”.

Em um evento organizado pelo Business Insider’s em 2018, ele disse que os novos funcionários da Amazon não deveriam ver o trabalho e a vida pessoal como um equilíbrio. Para ele, as duas partes são integradas, e não separadas. “Na verdade, é um círculo. Não é um equilíbrio”, disse.

Na visão de Bezo, usar a palavra equilíbrio implica em entender que há uma troca de funções ao iniciar ou terminar o horário de trabalho. “Se estou feliz no trabalho, volto para casa com uma energia tremenda”, afirmou. “Acho que vale a pena que todos prestem atenção nisso. Você nunca quer ser aquele cara – e todos nós temos um colega de trabalho que é essa pessoa – que, assim que entra em uma reunião, drena toda a energia da sala”.

O bilionário tem hábitos que são contrários àquelas pessoas workaholic, e que não conseguem estar muito no convívio familiar ou em tarefas que não envolvam o trabalho.

Bezos já disse em várias entrevistas que arranja tempo para o café da manhã com a família todos os dias, não aciona o despertador antes de ir para a cama, e ainda reserva alguns minutos do seu dia para lavar a própria louça.

Em fevereiro deste ano, o empresário anunciou que deixaria o cargo de CEO da Amazon. Após meses de transição, ele sairá do comando da empresa que criou nesta segunda-feira, 5. Quem assume é o Andy Jassy, que ocupava o cargo de CEO da AWS.

Fonte: Exame

Mais notícias