Conectado por

Geral

Balança comercial fecha julho com saldo positivo de US$ 5,4 bi

A soma das exportações do país menos as importações fecharam o mês passado com um saldo positivo de U$ 5,4 bilhões. Uma queda de 27% em relação a julho do ano passado.

Os dados foram divulgados nesta segunda-feira pelo Ministério da Economia. O subsecretário de Inteligência e Estatísticas de Comércio Exterior, Herlon Brandão, argumentou que o saldo menor é resultado, principalmente, do aumento dos preços dos principais produtos importados pelo Brasil.

Somente os combustíveis registraram um aumento de preço de 88% em julho deste ano se comparado com julho de 2021.

De toda forma, o valor das exportações, importações e a corrente de comércio exterior do Brasil registraram recordes da série histórica para julho, fechando o mês com mais de  U$ 54 bilhões de dólares entre exportações e importações.

O economista do IBMEC William Baghdassarian destaca que isso mostra que o comércio exterior segue aquecido. Para o especialista, esse ainda é um reflexo dos pacotes econômicos criados pelos Estados mais ricos do planeta em resposta à pandemia. Mas o economista acredita que o aumento de juros nos Estados Unidos pode reverter essa tendência nos próximos meses.

Entre as exportações brasileiras em julho, o setor agropecuário foi o que registrou o maior crescimento, 40% a mais que julho de 2021. Entre as importações, os produtos industrializados apresentaram o maior crescimento em valores, com 43% a mais que o importado em julho do ano passado.

Economia Brasília 01/08/2022 – 19:29 Jacson Segundo / Beatriz Arcoverde Lucas Pordeus Leon – Repórter da Rádio Nacional Balança Comercial segunda-feira, 1 Agosto, 2022 – 19:29 2:35

Fonte: Ag. Brasil

Mais notícias