Conectado por

Nacional

Agência bancária é incendiada em meio à manifestação, mostra GloboNews

A manifestação contra o presidente Jair Bolsonaro na região da avenida Paulista, em São Paulo, vinha seguindo tranquila até o início da noite, quando um grupo quebrou uma agência bancária e ateou fogo no interior da mesma, de acordo com a emissora GloboNews. As imagens mostram a entrada da agência bancária, na rua da Consolação, por onde a manifestação seguia, saindo do Museu de Arte Moderna de São Paulo (Masp), com chamas. A Polícia Militar chegou ao local e os manifestantes seguiram descendo a Consolação em direção à Praça Roosevelt. Não houve confronto.

A concentração dos que protestam contra o presidente, falta de vacinas, mortes e pedindo auxilio-emergencial maior, de R$ 600, começou em frente ao Masp por volta das 15h. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) havia interditado seis quarteirões da Paulista. Os manifestantes devem seguir mais tarde em direção ao centro da cidade, até a Praça Roosevelt.

Houve movimento semelhante nas ruas de mais de 200 cidades do país neste sábado (3).
As cores verde e amarelo, que são normalmente utilizadas por aliados do presidente, aparecem em alguns pontos na manifestação Em uma dessas eram vistos faixas os dizeres: “Fora Bolsonaro, essa bandeira é nossa”. Estão presentes nas manifestações movimentos sindicais, dos sem terra, dos professores (Apeoesp) e sociais.

 

Fonte: O tempo

Mais notícias