Conectado por



Nacional

Vale determina próximas ações do conselho para escolha de novo CEO


Compartilhe:

Publicado por

em

A Vale anunciou nesta quarta-feira,1, quais serão os próximos passos para que o conselho de administração eleja o novo CEO da mineradora, substituindo Eduardo Bartolomeo e dando fim a uma novela que se arrasta há meses.

Até 30 de junho deve ser contratada uma consultoria especializada para fazer a seleção de executivos com perfil para comandar a companhia. A partir daí, até 30 de setembro a consultoria deve apresentar ao conselho uma lista tríplice de candidatos.

A expectativa é de que a aprovação e apresentação do novo nome aconteça até o Vale Day, em 3 de dezembro, mesmo mês em que se encerra o contrato de Bartolomeo. O novo CEO deve tomar posse em 1º de janeiro de 2025 e Bartolomeo seguirá como advisor até o fim do próximo ano.

A decisão sobre o fim do comando de Bartolomeo aconteceu em 8 março, em meio a uma intensa disputa. Segundo pessoas próximas ao conselho de administração da companhia, além da intenção da Previ de indicar o ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega, o nome do ex-presidente da Cosan, Luís Henrique Guimarães, também teria sido ventilado. A Cosan é acionista da Vale desde outubro de 2022.

Dias depois, a novela ganhou novo capítulo com a renúncia do conselheiro José Penido – citando “manipulação” e uma “nefasta influência política” no processo.

“No Conselho se formou uma maioria cimentada por interesses específicos de alguns acionistas lá representados, por alguns com agendas bastante pessoais e por outros com evidentes conflitos de interesse”, escreveu em sua carta. Penido era conselheiro independente da Vale desde 2019 e um profundo conhecedor do setor de mineração. 

LEIA TAMBÉM: Na Vale, governança é um problema que vai além de impasse sobre CEO

Fonte: Exame

Publicidade

Mais notícias

Compartilhe: