Conectado por

Geral

Tribunal russo multa Google por não apagar conteúdo considerado ilegal

Um tribunal russo condenou o Google nesta sexta-feira a uma multa recorde 7,2 bilhões de rublos, cerca de R$ 560 bilhões, por não remover conteúdos proibidos.

Em um comunicado, o tribunal de Moscou esclareceu que o Google havia sido considerado culpado de reincidência porque a empresa americana não havia removido de suas plataformas conteúdo considerado ilegal.

A Rússia sanciona regularmente grandes empresas digitais acusadas de não apagar informações que promovam drogas, suicídio ou ligadas a oposição.

Em setembro, pouco antes das eleições legislativas, Moscou obrigou a Apple e a Google, acusados de interferência eleitoral, a retirarem de suas lojas virtuais da Rússia o aplicativo do oponente preso, Alexei Navalny.

As autoridades ameaçaram prender funcionários dessas empresas na Rússia se eles não cooperassem, de acordo com fontes dos grupos.

Justiça Brasília 26/12/2021 – 09:15 Alessandra Esteves Andréia Gomes Durão – Repórter RFI Google domingo, 26 Dezembro, 2021 – 09:15 0:57

Fonte: Ag. Brasil

Mais notícias