Conectado por

DJ90

Geral

Triatleta Thomas Galindez concilia treinos na quarentena e produção de empanadas para venda

Publicado por

em

Esporte e cozinha são duas das paixões de Thomas Galindez. Argentino de nascimento, mas radicado em Santos, no litoral paulista, ele compete há oito anos no triatlo. É o atual campeão sul-americano de Ironman, prova com 3,8 quilômetros de natação, 180 quilômetros de ciclismo e pouco mais de 42 quilômetros de corrida.

 

Em outubro, disputaria o Mundial no Havaí, mas a pandemia do novo coronavírus remarcou o evento para fevereiro do ano que vem.

 

Em meio à quarentena, a outra paixão de Thomas ganhou espaço. Ele a irmã começaram a produzir empanadas argentinas para venda. O que surgiu como hobby deu mais certo que o esperado pelo triatleta, que pensa em manter o negócio, até para auxiliá-lo a custear a participação em competições.

 

Além do trabalho na cozinha, o jovem concilia o tempo durante a pandemia com os estudos – ele está no último ano de Educação Física na Universidade Metropolitana de Santos. Os treinamentos podem até ter reduzido a intensidade, mas não pararam.

 

O sonho dele mais imediato é ser campeão mundial na categoria 18 a 24 anos do Ironman. Mais adiante, brigar pelo título na categoria principal. E a vontade de ir longe no triatlo está na sangue: Thomas é filho de Oscar Galindez, um dos maiores nomes da modalidade na América do Sul, com duas medalhas de bronze em Jogos Pan-Americanos e participação na Olimpíada de Sydney, em 2000.

 

A parceria, antes só familiar, virou também de técnico e atleta – o que só aumentou a admiração de Thomas pelo pai, com quem competiu junto no ano passado, também no Mundial de Ironman, cada um por uma categoria.

Fonte: Ag. Brasil

Publicidade