Conectado por

Nacional

Tirullipa chora ao falar sobre bens apreendidos pela polícia

O humorista Tirullipa foi às redes sociais na tarde desta sexta-feira (15) para desabafar após a Polícia Civil de São Paulo ter ido a sua casa cumprir um mandado de busca e apreensão na noite de quinta. O artista, assim como a influenciadora digital e advogada Deolane Bezerra, está sendo investigado por causa de um trabalho publicitário feito para a empresa Betzord, que atua no segmento de jogos e apostas esportivas online. 

Em stories postados em sua conta do Instagram, Tirullipa afirmou que prestou apenas um serviço pontual para a empresa. Ele negou qualquer relação com os investidores que estão sendo investigados pela polícia. “Tenho 26 anos de carreira e eu não duraria tantos se eu não usasse com a verdade e com a honestidade. O que estão fazendo comigo é uma covardia muito grande”, disse o artista. Ele afirmou que a notícia de que tem envolvimento com algo criminoso é falsa. 

“Não tenho vínculo com a empresa, nem vínculo com esses sócios. Fiz o meu trabalho pontual, recebi pelo meu trabalho e ponto. ‘Ah, Tirullipa, levaram algumas coisas suas?’ Levaram algumas coisas minhas para o inquérito, já devolveram uma parte e já comprovei e provei tudo. Estou à disposição da Justiça. Eles sabem de tudo meu, tem tudo meu e graças a Deus pago meus impostos direitinho, trabalho muito e vendo alegria”, continuou o humorista. 

Para encerrar, ele afirmou que daria um tempo das redes sociais e curtiria as férias ao lado da família para buscar se recompor da “pancada sofrida”. 

Ao longo dos stories, o humorista também chorou.

Entenda operação que apreendeu carros de luxo e joias nas casas de influencer

Fonte: O tempo

Mais notícias