Conectado por

Nacional

Suspeitas de morte por frio em São Paulo chegam a 16 só em julho, diz movimento

O Movimento Estadual da População em Situação de Rua em São Paulo informou, nesta sexta-feira (30), que há 16 mortes suspeitas de estarem relacionadas à onda de frio que atinge as regiões Sul e Sudeste do Brasil.

Um homem de 37 anos foi encontrado sem vida pela manhã, na Praça Oswaldo Cruz, bairro Bela Vista, após a capital paulista ter registrado mínima de 4ºC na madrugada. O caso foi o 16º contabilizado pelo grupo desde o final de julho.

O boletim de ocorrência não identificou lesões externas ou sinais de violência no corpo da vítima, e classificou o óbito como “suspeito”. A Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-SP) informou que o caso é investigado.

“Os laudos, incluindo o toxicológico, estão em elaboração para esclarecer as causas da morte”, diz o texto.

Em entrevista ao “UOL”, o atual presidente do movimento, Robson Mendonça, detalhou que o homem foi encontrado “roxo e endurecido”, com sinais de hipotermia. “Os próprios companheiros disseram que ele morreu de frio”, pontuou ao portal. 

Fonte: O tempo

Mais notícias