Conectado por
Rondônia, sexta, 21 de junho de 2024.




Geral

SP tem recorde de mortes por Covid-19, e UTIs da região metropolitana têm 81% de ocupação


Compartilhe:

Publicado por

em

As mortes por coronavírus em São Paulo bateram um novo recorde. 224 pessoas morreram entre segunda e terça-feira. Com isso, chegou a 2.049 as vítimas fatais em todo o estado.

O número vem acompanhado de outra informação que está preocupando os gestores de saúde. Nessa terça-feira, subiu para 70% o índice de ocupação de leitos de enfermarias nos hospitais da região metropolitana de São Paulo, e chegou a 81% a ocupação dos leitos de UTI.

Para Geraldo Reple, Secretário de Saúde de São Bernardo, cidade vizinha à capital paulista, é alto o risco de esgotamento da rede de saúde na região.

Nessa terça-feira, mais de 8 mil pessoas estavam internadas nos hospitais do estado. Desse total, mais de 3 mil em UTI. A média de ocupação das enfermarias é de 45%, e de UTIs, 62%.

Enquanto os hospitais vão ficando cada vez mais lotados, diminui o número de pessoas fazendo a quarentena. Nessa segunda-feira o índice de isolamento social voltou a ficar abaixo do mínimo exigido de 50%. O secretário de Saúde do estado, José Henrique Germann, diz que o governador pode ser orientado a adotar medidas mais rígidas.

Apesar do sinal amarelo, em Campinas – cidade polo da segunda maior região metropolitana do estado – já anunciou que vai flexibilizar a quarentena a partir da semana que vem, com a abertura de shoppings e comércio de rua.

O período antecede o Dia das Mães, a data que costuma ser responsável pelo segundo melhor período de vendas do comércio em todo o país. Mas a flexibilização proposta pelo município precisa ainda ser autorizada pelo governo do estado.

Fonte: Ag. Brasil

Publicidade

Mais notícias

Compartilhe: