Conectado por

Nacional

Shurastey em casa: cinzas de cão que morreu em acidente nos EUA voltam ao Brasil

Shurastey, enfim, está de volta à sua casa. As cinzas do golden retriever, que morreu junto ao brasileiro Jesse Kozechen em maio, chegaram nesta segunda-feira (1° de agosto) ao Brasil. 

Quem deu a notícia foi Susana, a tia de Jesse, que gerencia no Instagram o antigo perfil do influenciador digital (@jessekoz) e do seu cão (@shurastey_) e  mantém a marca pet (@shurastey.dogs) ativa na rede. 

Os restos mortais do cachorro foram trazidos no domingo, 31. Para o custeio da cremação, trâmite exigido internacionalmente para trazê-lo, Susana contou com uma vaquinha online, que arrecadou R$ 120 mil em poucas horas. 

“Gratidão aos verdadeiros admiradores do Jesse koz e Shurastey, por todo apoio, carinho, orações. O Dodongo foi resgatado, está protegido! ”, escreveu em sua publicação. 

 

 

 

Relembre o caso

O influenciador digital Jesse Kozechen, de 29 anos, e seu cachorro morreram em um grave acidente em rodovia do Estado de Oregon, nos Estados Unidos, no dia 23 de maio. O brasileiro tentava desviar seu veículo do trânsito parado e não conseguiu frear antes de colidir com um SUV, modelo Ford Escape. A condutora ficou ferida, mas sem gravidade.

Jesse ganhou milhares de seguidores ao divulgar seu projeto de volta ao mundo com seu cão. Foram cinco anos viajando – num fusca 1978 – por 17 países. Mais de 85 mil quilômetros rodados. O objetivo era chegar ao Alasca neste ano, em setembro.

Ele era do Estado do Paraná e morava em Balneário Camboriú antes de iniciar seu projeto de viagem.

 

Fonte: O tempo

Mais notícias