Conectado por

Nacional

Seu networking é interessante ou interesseiro?

Por Alice Sosnowski*

Network é um termo que vem do inglês “net”: rede; “working”: trabalho, e significa “rede de relacionamentos profissionais”. É a aproximação de pessoas para criar oportunidades, potencializar negócios, dar e receber convites e propostas de trabalho. Enfim, é uma prática que nos ajuda a crescer no ambiente profissional.

Mas não é só isso. O networking também funciona como uma rede de proteção nos momentos difíceis. Experimenta perder o emprego ou falir o seu negócio? É com as pessoas da sua rede de contatos que você poderá contar para desabafar, trocar ideias e conseguir novas oportunidades.

Saber se conectar com as pessoas e construir relacionamentos de valor é uma das habilidades mais valiosas no século 21. Afinal, ninguém faz nada sozinho: seja para crescer na carreira corporativa ou empreender o próprio negócio.

Networking é relacionamento, autoconfiança, escuta ativa, empatia e colaboração.

Saiba que você precisará estar disponível para ajudar os outros, mesmo que isso não traga nenhum benefício direto ou imediato. Não precisa ser nada complexo. Pode ser um pequeno favor como uma dica de um livro bacana, um serviço bem feito ou um elogio sincero. São pequenos gestos que fazem toda a diferença.

Também é preciso saber se posicionar. Ter uma história pessoal e profissional bem amarrada em um storytelling interessante, em que as pessoas saibam quem você é, o que você faz, por que faz e como faz. Assim, você também será lembrado na hora certa.

Para criar sua rede de relacionamentos, o ideal é que você ache pessoas com os mesmos interesses e propósitos. Muito mais do que contatos profissionais, você está gerando conexões e vínculos duradouros. Pode levar tempo para os resultados aparecerem, por isso tenha dedicação e paciência.

No fundo, networking é uma forma de viver mais colaborativa. Um exercício que quanto mais se pratica, melhor fica. Em que você se expressa com mais assertividade e constrói pontes que geram oportunidades para todos os lados.

Uma dica: aprenda a colocar o networking como uma prática diária na sua vida. É como plantar uma semente, cuidar, regar e saber esperar o momento da colheita. Os frutos podem não ser imediatos, mas eles chegam, sempre chegam!

*Alice Salvo Sosnowski é jornalista, consultora de negócios e especialista em empreendedorismo e soft skills. Foi eleita em 2019 uma das Top Voices no Linkedin. Criadora da metodologia O Pulo do Gato Empreendedor, que desenvolve habilidades para os desafios da nova economia

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedInTwitter | Facebook | Youtube 

Veja também

 

Fonte: Exame

Mais notícias