Conectado por

Geral

Redes sociais precisam definir se papel na eleição será de inércia ou combate às fake news

A três meses da eleição, as redes sociais precisam definir se serão proativas ou inertes em relação à moderação de mentiras difundidas sobre as urnas eletrônicas, em especial por figuras públicas. Leia mais (07/23/2022 – 04h07) Fonte: Folha de São Paulo

Fonte

Mais notícias