Conectado por

Geral

Professor Greiton Toledo é finalista do prêmio Global Teacher Prize

Matemática, programação e muita criatividade são os ingredientes de um projeto em que estudantes criam jogos e atividades de maneira sustentável para o tratamento de sintomas da doença mal de Parkinson em Goiás.

A iniciativa do professor, Greiton Toledo, fez com que ele fosse finalista do prêmio Global Teacher Prize, considerado o Nobel da Educação. Greiton foi escolhido entre milhares de indicações de 121 países, em reconhecimento à sua contribuição e dedicação como professor da Educação Básica.

Caso seja vencedor, vai receber US$ 1 milhão para aplicar em seu projeto de extensão, ensino e pesquisa. Ele é o único brasileiro entre os finalistas e o Brasil nunca ganhou esse prêmio. O ganhador será conhecido em novembro.

O professor do Instituto Federal Goiano também leciona como professor voluntário em escolas públicas municipais em Goiania. Greiton Toledo explica que a proposta busca encorajar alunos a desenvolver ideias a partir da matemática e computação para contribuir com soluções reais a problemas, como o mal de Parkison.

Nesse projeto de extensão, ensino e pesquisa, o professor leva as invenções junto com os alunos uma vez por mês ao hospital. Para ele o significado da indicação vai além do prêmio….”A essencia é o nosso trabalho que muda vidas de pessoas, que encoraja jovens a desenvolverem soluções para um mundo melhor”.

O Global Teacher Prize analisa a trajetória acadêmica de vida do professor, os impactos sociais e científicos e educacionais que ele tem desenvolvido ao longo dos últimos anos.

O prêmio é concedido pela Varkey Foundation, em parceria com a Unesco, Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura.

*Com produção de Michele Moreira

Educação Brasília 13/10/2021 – 20:42 Jacson Segundo / Beatriz Arcoverde *Kariane Costa – Repórter da Rádio Nacional Greiton Toledo Global Teacher Prize quarta-feira, 13 Outubro, 2021 – 20:42 2:50

Fonte: Ag. Brasil

Mais notícias