Conectado por

Geral

Produtos regionais podem deixar a ceia gostosa e mais em conta

A inflação alta nesses dois anos de pandemia fez com que o preço dos alimentos subisse mais de 20% nos últimos dois anos, segundo dados do IBGE. Com a aproximação das festas de fim de ano, essa realidade pode afetar a ceia de Natal de muitas famílias que estão com o orçamento mais apertado.

Peru, tender, nozes, damasco, bacalhau, os ingredientes tradicionais da ceia podem estar caros demais pra muita gente. Por isso, o chef de cozinha Naifon Lima recomenda deixar de lado esses produtos. Para ele, o momento atual é uma oportunidade de investir em uma ceia regional, com ingredientes produzidos localmente.

Para exemplificar, o chef Naifon resolveu revelar um pouco do que ele mesmo está preparando para o Natal deste ano. Morador do Amazonas, ele aposta em um menu natalino com a cara da maior floresta tropical do mundo. “Eu estou usando a banana, a castanha e o pirarucu.” E conta que vai usar a banana frita no salpicão, no lugar da maçã, e vai substituir o bacalhau pelo pirarucu.

É claro que esses ingredientes e receitas são ideais para quem também vive na região amazônica. A dica é que cada família escolha receitas com os ingredientes que estão disponíveis na sua região — apostando sempre na criatividade para garantir uma ceia que seja saborosa e, ao mesmo tempo, que caiba no orçamento familiar.

Geral Brasília 22/12/2021 – 21:12 Jacson Segundo / Beatriz Arcoverde Daniel Ito – Repórter da Rádio Nacional Ceia de Natal quarta-feira, 22 Dezembro, 2021 – 21:12 2:06

Fonte: Ag. Brasil

Mais notícias