Conectado por

Nacional

Polícia e equipe jurídica de Dayane Mello estão na porta da sede de ‘A Fazenda’

A equipe jurídica da modelo Dayane Mello informou que está na porta da sede do programa “A Fazenda”, da “Record TV”, com a polícia para “dar andamento nos trâmites legais” da acusação de tentativa de estupro de Nego do Borel contra a participante dentro do reality na madrugada deste sábado (25).
 

“A polícia e a equipe jurídica estão na porta da sede de ‘A Fazenda’ neste exato momento, tentando contato imediato para que o jurídico e as autoridades possam a dar andamento nos trâmites legais do caso. Infelizmente a produção está dificultando o contato e averiguação dos fatos. A polícia precisa entrar na sede para que sejam recolhidas as evidências do ocorrido, como roupas de cama, preservativo, vestimenta da vítima e do acusado, depoimentos, entre outros”, pontuou o perfil da modelo nas redes sociais. 

A reportagem tenta contato com a Polícia Civil de São Paulo e com a assessoria de imprensa da “Record TV”. 

O caso

Na madrugada deste sábado, Dayane Mello se deitou bêbada na cama e, o cantor, estava no mesmo quarto. Mc Gui perguntou à modelo se ela queria permanecer no lugar e, sem seguida, Solange Gomes e Tati Quebra Barraco, que também estavam no espaço, disseram a Nego do Borel para ele “não tentar nada” devido à condição da mulher. O músico continuou na cama, contudo.

Vídeos publicados por perfis nas redes sociais mostram o momento em que a participante teria dito ao músico para parar com as investidas, mas ele continua insistindo. Telespectadores acusaram a emissora “Record TV” de leniência com o suposto crime. Nem a rede de televisão, nem a assessoria de imprensa de Nego do Borel se pronunciaram por ora.

Fonte: O tempo

Mais notícias