Conectado por

Nacional

Paramount+ é processada por propaganda com conotação sexual

O Conar (Conselho Nacional de Autorregulagem Publicitária) abriu processo contra o serviço de streaming Paramount+ por uma propaganda que mostrava um carro da Uber em cima de um táxi amarelo fazendo movimentos sexualmente conotativos.

O anúncio fazia parte da campanha de divulgação da série “Super Pumped: A Batalha pela Uber”, que conta os bastidores dos negócios da empresa americana, e foi veiculado no site e outros tipos de mídia, de acordo com o denunciante.

Segundo o Conar, a denúncia foi encaminhada por Gilmar Pereira Miranda, secretário-executivo de transporte e mobilidade urbana da cidade de São Paulo. Outros dois consumidores também reclamaram. O conselho superior do órgão assumiu o caso.

O Paramount+ diz que “não recebeu nenhuma notificação e espera os desdobramentos dessa informação para comentar o assunto”. O prazo médio para que um caso vá a julgamento de primeira instância no Conar é de 45 dias. (FolhaPress)

Fonte: O tempo

Mais notícias