Conectado por

Geral

Pagamento de juros foi 14 vezes maior do que o Auxílio Emergencial

As famílias brasileiras pagaram R$ 233 bilhões em juros no primeiro semestre deste ano. O levantamento foi feito pela Fecomércio — a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo.

Segundo a entidade, o valor pago em juros pelas famílias brasileiras é equivalente a 14 vezes o montante pago pelo governo em Auxílio Emergencial no primeiro semestre de 2021 — e corresponde a 73% dos gastos públicos com o benefício no ano passado. Os gastos com juros também equivalem a 6% do PIB do primeiro semestre em todo o país.

O levantamento da Fecomércio São Paulo também mostrou que o pagamento de juros compromete, em média, mais de 11% da renda das famílias. Isso significa que os juros são a segunda maior despesa no orçamento doméstico dos brasileiros — segundo explicou o consultor econômico da entidade, Altamiro Carvalho.

Os R$ 233 bilhões pagos em juros pelas famílias no primeiro semestre deste ano representam um aumento de 7,2% em relação ao mesmo período do ano passado. Para a Fecomércio, a reabertura gradual das atividades econômicas nesse segundo ano de pandemia levou ao aumento da busca por crédito e, por consequência, a um maior endividamento da população.

O consultor Altamiro Carvalho ressalta que as famílias precisam fazer um planejamento financeiro para evitar que o pagamento de juros comprometa a renda doméstica.

Apesar do aumento nos gastos com juros, o levantamento da Fecomércio São Paulo também apontou que as despesas dos brasileiros estão mais controladas neste ano. Segundo a entidade, a taxa de inadimplência nos empréstimos recuou de 5,3%, no primeiro semestre do ano passado, para 4,1%, no mesmo período de 2021.

Economia Famílias pagaram R$ 233 bilhões no 1º semestre de 2021 à financeiras Brasília 10/11/2021 – 20:22 Sheily Noleto / Guilherme Strozi Daniel Ito – Repórter da Rádio Nacional dívidas Juros Bancos quarta-feira, 10 Novembro, 2021 – 20:22 3:19

Fonte: Ag. Brasil

Mais notícias