Conectado por



Nacional

Oscar 2024: ‘Oppenheimer’ é o grande vencedor da noite, com 7 estatuetas


Compartilhe:

Publicado por

em

A 96ª edição do Oscar aconteceu neste domingo, 10, e o grande vencedor da noite foi Oppenheimer“, dirigido e roteirizado por Christopher Nolan. O longa concorria em 13 categorias e ganhou em sete delas, incluindo a de melhor filme. Nolan também recebeu sua primeira estatueta na direção e Cillian Murphy levou o prêmio como melhor ator, pelo papel de J. R. Oppenheimer.

Nas categorias técnicas, o longa conquistou estatuetas em: Melhor Filme, Melhor Ator, Melhor Ator Coadjuvante, Melhor Direção, Melhor Trilha Sonora, Melhor Montagem e Melhor Fotografia.

Robert Downey Jr. fez seu nome na cerimônia como melhor ator coadjuvante, em uma disputada categoria, concorrendo com Ryan Gosling (“Barbie”) e Robert De Niro (“Assassinos da Lua das Flores”), tidos como favoritos.

Ao vencer o prêmio de Melhor Direção, Nolan agradeceu a todos os profissionais envolvidos no longa-metragem.

“Quero agradecer ao nosso elenco incrível, Robert, Emily, Matt Damon, Florence e, muitos outros. Eles estão no ápice de sua carreira e foram liderados pelo incrível Cillian Murphy”, declarou. “Eu não tenho o que dizer da equipe que trabalhou nesse filme. Obrigado a todos que acreditaram em mim ao longo da minha carreira e a produtora Emma Thomas (também esposa de Nolan), de todos os nossos filmes e filhos”.

O cineasta também prestou homenagem ao cinema pela sua capacidade de se reinventar ao longo das décadas e continuar relevante. “O cinema tem pouco mais de 100 anos. Após o teatro e as artes plásticas não saberiamos aonde essa jornada vai nos levar. Mesmo assim, eu fico feliz em ser uma parte significativa desta história”.

Com bilheteria mundial de US$ 951 milhões,”Oppenheimer” ficou famoso por estrear no mesmo dia que “Barbie”, de Greta Gerwig, e juntos levaram uma verdadeira multidão às salas de cinema de todo o mundo.

A história da bomba que explodiu na premiação

O longa-metragem vencedor do Oscar de 2024 é o 12º da carreira de Nolan. Ele conta a história do ‘pai‘ da primeira bomba atômica, J. Robert Oppenheimer. O foco é a criação do Projeto Manhattan, no Teste Trinity, e detonação da bomba no Novo México em 1945, meses antes do ataque à Hiroshima e Nagazaki — que deixou um total de mais de 110 mil pessoas mortas nas duas cidades.

Baseado na biografia vencedora do Prêmio Pulitzer, “American Prometheus: The Triumph and Tragedy of J. Robert Oppenheimer” (Oppenheimer: o triunfo e a tragédia do Prometheu americano), de Kai Bird e Martin Sherwin,o filme não só aborda uma das maiores problemáticas sobre o envolvimento dos Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial, como também a explora através de um elenco brilhante.

Fazem parte dele os atores Cillian Murphy, Florence Pugh, Jack Quaid, Matthew Modine, Matt Damon, Emily Blunt, Robert Downey Jr., Josh Hartnett, Kenneth Branagh, Gary Oldman, Rami Malek, Gustaf Skarsgard, Dane DeHaan, Jason Clarke e Casey Affleck.

Sem CGI e magnífico

Grande fã da forma clássica de gravar filmes, o Christopher Nolan é conhecido por suas tomadas “reais” e fez questão de não usar nada de CGI no filme. Filmado para IMAX, o rolo do filme teve um total de 18 km de comprimento, com peso de 272kg. 

Onde assistir ‘Oppenheimer’?

Constando como favorito da premiação, desde que saiu do cinema, em julho de 2023, o longa de Christopher Nolan ainda estava “sem casa” nos streamings. Consta somente nos serviços por aluguel, dentro de plataformas como YouTube, Apple TV, Google Play Filmes e Prime Video, por valores adicionais aos da assinatura. Mas isso está prestes a mudar.

Em abril, “Oppenheimer” passa oficialmente a integrar a plataforma da Prime Video, dentro do catálogo e fora da loja.

A chegada do filme é fruto da parceria da Prime Video com a NBCUniversal Global TV Distribution, que possibilitará a entrada de novos filmes de grande sucesso de bilheteria da Universal Pictures e da DreamWorks Animation sejam incluídos no serviço de streaming da Amazon, no decorrer deste ano.

Fonte: Exame

Publicidade

Mais notícias

Compartilhe: