Conectado por

DJ90

Geral

Opas pede cautela em relaxamento de medidas de isolamento

Publicado por

em

A Organização Pan Americana de Saúde, Opas, defende que a retomada das atividades econômicas e o relaxamento das medidas de isolamento devem feitos com cautela pelos Estados membros, com consulta à população. A orientação foi dada nesta terça-feira, em uma conferência para a imprensa transmitida pela internet.

 

A diretora da Opas, Carissa Etienne, fez um apelo a todos os países das Américas para que sejam cautelosos em relação à reabertura dos comércios, e alertou que a transição deve ser feita com muito cuidado, mantendo o equilíbrio entre salvar vidas e proteger a economia.

Segundo Etienne, as decisões políticas devem se basear em dados, como análise das taxas de novos casos e mortes, capacidade hospitalar e índice de propagação do vírus, uma vez que as diferentes cidades não são afetadas da mesma forma.

Nas Américas, já são 1,4 milhão de casos e 80 mil mortes. A diretora da Opas alerta para o fato de que há países onde o número de casos está dobrando em quatro dias ou menos. É o caso dos Estados Unidos, Canadá, Brasil, Equador, Peru, Chile e México.

Esse indicador mostra que a transmissão segue muito alta nesses países e que se deve implementar toda uma gama de medidas de saúde pública: ampla testagem, rastreio dos contatos, isolamento dos casos e, claro, distanciamento social.

Para Jarbas Barbosa, diretor-adjunto da Opas, é importante o esforço de ampliar a capacidade de testes para os casos suspeitos e, a partir da detecção de um caso suspeito como positivo, promover o isolamento, a quarentena adequada, o monitoramento e isolamento dos contatos – para interromper o caminho do vírus.

Fonte: Ag. Brasil