Conectado por

DJ90

Política

Onyx e Damares falam sobre combate à pandemia

Publicado por

em

Os ministros da Cidadania, Onyx Lorenzoni; e da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves; participaram de entrevista coletiva no Palácio do Planalto nesta quinta-feira (30) sobre o enfrentamento à pandemia de coronavírus no Brasil.

De acordo com o Ministério da Saúde, o país registrou hoje 85.380 casos confirmados de covid-19, doença respiratória causada pelo novo coronavírus. Desse total, 35.935 pacientes estão recuperados e não apresentam mais os sintomas da doença. O número de mortes chegou a 5.901. 

Assista na íntegra

A ministra Damares Alves ressaltou a importância do uso de máscara para evitar a transmissão do novo coronavírus. Pediu para que os pais ensinem as crianças a usarem o equipamento e sugeriu estampas lúdicas. A ministra também mostrou modelo de máscara transparente para quem precisa se comunicar com pessoas surdas e mudas, que necessitam fazer leitura labial. Damares mostrou as ações que foram desenvolvidas para os idosos durante a pandemia de coronavírus. 

O ministro Onyx Lorenzoni anunciou ferramenta digital para que os municípios possam acessar as ações de prevenção, reforço alimentar e abrigamento. No programa de prevenção, está previsto distribuição de equipamentos de proteção individual (EPIs) para mais de 192 mil funcionários da assistência social brasileira. No programa de alimentação e abrigamento, recursos serão transferidos para que os municípios apliquem em instituições quem atendem pessoas em situação de vulnerabilidade. Os prefeitos podem acessar o site do Ministério da Cidadania para verificar os municípios elegíveis e os recursos disponíveis.

Guedes diz que economia brasileira não passa por choque externo

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse hoje (30) que o Brasil não está passando por choque externo por causa da pandemia da covid-19. Guedes participa de audiência pública virtual na Comissão Mista do Congresso de Acompanhamento das Medidas Relacionadas à Covid-19.

Segundo Guedes, as previsões iniciais de queda da economia neste ano eram de 6%, sendo que desse percentual um terço viria de impacto externo, gerado por queda das exportações e interrupção de comércio, entre outras. “E dois terços seriam da disrupção interna, pelo fato de fazermos o isolamento social, interrupção de cadeias de pagamento e desaquecimento”, explicou.

Teich defende ações diferenciadas nas várias regiões do país

O ministro da Saúde, Nelson Teich, participou ontem (29) de uma audiência pública virtual no Senado Federal. Na ocasião, ele foi perguntado sobre as ações adotadas pelo governo federal no enfrentamento ao novo coronavírus, a posição diante das estratégias de distanciamento social, o apoio a estados mais atingidos, o repasse de recursos, entre outros temas relacionados à pandemia da covid-19.

“A partir de agora, de posse de informações atualizadas, percebemos distintos perfis de comportamento da doença por região. Definimos que nossas ações devem se pautar por distribuição de recursos não linear. O que definirá o peso é o socorro a estados e municípios. Funcionaremos com força nacional de apoio, calibrando as ações”, comentou Teich.

Caixa paga R$ 2,6 bi de auxílio emergencial a 3,6 milhões de pessoas

A Caixa disponibilizará hoje (30) R$ 2,6 bilhões do auxílio emergencial para mais de 3,6 milhões de beneficiários. A liberação visa reduzir os efeitos do coronavírus na economia.

Dessa soma, R$ 1,1 bilhão será destinado a 1,7 milhão de pessoas do total de elegíveis que se inscreveram pelo aplicativo ou pelo site. No total, R$ 920 milhões serão creditados em contas da Caixa e R$ 211 milhões em contas de outros bancos.

Caixa abre agências no sábado

A Caixa abrirá 800 agências no país neste sábado (2) para atendimento exclusivo de informações e saque sem cartão do auxílio emergencial.

Consulte as agências que estarão abertas.

Fonte: Ag. Brasil