Conectado por



Nacional

Onda de calor: Rio registra recordes históricos de temperatura máxima em maio


Compartilhe:

Publicado por

em

Nos primeiros 14 dias de maio deste ano, o estado do Rio de Janeiro bateu recorde de temperaturas máximas para o mês em 30 das 32 estações meteorológicas fluminenses do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) dentro da série histórica que começou em 1966.

A onda de calor que começou a atuar no estado do dia 1 até o dia 13 de maio ultrapassou os recordes anteriores em todas as regiões do estado. Niterói, na Região Metropolitana, teve a maior temperatura registrada no estado – 38,8 graus, no dia 2 de maio, batendo a marca anterior, em maio 2021, quando a máxima foi de 35,3 graus. Já a capital, ficou em segundo lugar, com máxima de 37,7 graus na Restinga da Marambaia, na Zona Oeste.

No último dia 3, o recorde de calor no estado ficou com Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, onde os termômetros marcaram 38 graus. A última vez que a cidade campista sofreu com o calor durante o mês de maio foi em 1987, quando a máxima chegou a 36,4 graus.

Durante o período da onda de calor, a temperatura em todo estado se manteve acima dos 30 graus, fato considerado atípico para o outono. Somente nesta quarta, pela primeira vez no mês, os termômetros ficaram abaixo dos 25 graus, devido a influência de uma frente fria. A cidade do Rio registrou nesta a tarde, segundo o Inmet, 24,6 graus na estação da Vila Militar.

Temperatura volta a subir

Segundo o Inmet, a partir desta quinta-feira a temperatura volta a subir e a máxima deve chegar aos 31 graus. Há previsão de chuva fraca isolada nos períodos da madrugada e manhã.

Fonte: Exame

Publicidade

Mais notícias

Compartilhe: