Conectado por

Geral

Oito cidades do Acre estão em alerta por aumento dos casos de diarreia

Oito municípios do Acre estão em alerta por causa do aumento dos casos de diarreia. São eles: Assis Brasil, Brasileia, Acrelândia, Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Rodrigues Alves, Sena Madureira e Tarauacá.

Conforme dados do Departamento de Vigilância em Saúde do estado, até o dia 9 deste mês foram registrados quase 15.500 casos, um aumento de 32,6% na comparação com o mesmo período de 2021.

Segundo a chefe do Núcleo de Doenças de Veiculação Hídrica do Acre, Debora dos Santos, existe uma relação entre o aumento dos casos de diarreia com o início do período de seca na região.

Neste ano, o nível dos rios do Acre começou a baixar em maio, de acordo com Débora dos Santos. Isso normalmente ocorre em julho. Por causa da falta de distribuição de água potável proveniente dos rios, os casos de diarreia também começaram a ser registrados antes do esperado.

Ela explica o que a população pode fazer em casa para ajudar no tratamento da água.

Quem apresentar sintomas de doenças diarreicas agudas, como cólicas abdominais, febre, sangue ou muco nas fezes, náuseas e vômitos, deve procurar atendimento médico.

Todas as Unidades Básicas de Saúde do Acre disponibilizam gratuitamente um kit com hipoclorito de sódio e um passo a passo de como utilizar a substância para a purificação da água.

*Com supervisão de Bianca Paiva.

Saúde Brasília 20/07/2022 – 18:22 Bianca Paiva / Guilherme Strozi Eduardo Cupertino – Estagiário da Rádio Nacional Diarreia Acre água contamidada quarta-feira, 20 Julho, 2022 – 18:22 162:00

Fonte: Ag. Brasil

Mais notícias