Conectado por

Geral

Número de brasileiros no exterior aptos a votar aumentou em 39%

Mais de 697 mil brasileiros que moram fora do país estão aptos a votar nas eleições deste ano. O número é 39% maior que os eleitores votantes no exterior, em 2018. É o que mostram os Dados do Cadastro Eleitoral, do TSE, Tribunal Superior Eleitoral. A corte eleitoral registrou, ainda, quase o dobro de eleitores a votar em outro país em relação a 2014. Um aumento de 96%.

Para ficar apto a votar no exterior é preciso fazer a transferência de título, o que também vale para quem mora no Brasil, em cidade diferente de onde possui zona eleitoral. O prazo para isso foi encerrado no mês de maio para as eleições 2022. A jornalista, Raquel Pimentel, mora fora do Brasil há cinco anos. Agora, em Portugal, vai votar pela primeira vez, no exterior.

Os eleitores que residem no exterior só poderão votar para os cargos de presidente e vice-presidente, tanto no primeiro quanto no segundo turno, se for o caso. Os eleitores que transferiram o título para outro país devem ficar atentos porque a votação vai ser no mesmo dia em que ocorre no Brasil. No entanto, o horário será de acordo com o fuso de cada país. Geralmente, as urnas para votação ficam instaladas nas embaixadas do Brasil ou nos consulados.

Lembrando que não importa onde resida, o eleitor com idade entre 18 e 70 anos é obrigado a votar. Se não transferiu o título para o endereço atual e está fora do domicílio eleitoral, no dia das eleições, ou se não pode comparecer ao local de votação, é preciso justificar na internet ou em alguma zona eleitoral.

Política Quase 700 mil eleitores poderão votar à distância em outubro Brasília 25/07/2022 – 16:33 Nádia Faggiani / GT Passos Sayonara Moreno – Repórter da Rádio Nacional Exterior Eleitores brasil Eleições Eleições 2022 segunda-feira, 25 Julho, 2022 – 16:33 125:00

Fonte: Ag. Brasil

Mais notícias