Conectado por

Nacional

Na Black Friday, Mercado Pago dá R$ 800 mil em prêmios para vendedores

A fintech Mercado Pago, braço financeiro do Mercado Livrevai oferecer uma promoção especial para vendedores durante a Black Friday. A ideia para as promoções veio de um estudo recente conduzido pela fintech, em parceria com a consultoria Trendsity, que revelou que na pandemia, um em cada três vendedores se apoiou em pagamentos digitais para aumentar as vendas. De olho nesse cenário, a empresa quer se aproximar dos vendedores nesse período de descontos, oferecendo incentivos em prêmios para quem utilizar a plataforma do Mercado Pago, além de descontos em antecipação de recebíveis e condições especiais para renegociação de dívidas.

O futuro do varejo é 100% digital? Entenda assinando a EXAME por menos de R$ 11/mês.

Em relação à promoção, a fintech vai permitir que vendedores concorram a 800.000 reais em prêmios. Para isso, a cada venda de a cada venda de 250 reais com as maquininhas de cartão, código QR, link de pagamento ou checkout de loja online, os vendedores ganharão um número da sorte e poderão concorrer a dez prêmios de 5.000 reais toda semana e, além disso, vão receber outro número para o sorteio final com dois prêmios de 250.000 reais. Quem vender por Código QR com escolha de pagamento via Pix recebe o triplo de números da sorte para participar da campanha. Para ter acesso aos códigos, é necessário se inscrever para participar da promoção no site www.mercadopagopromocoes.com.br a partir desta segunda-feira. A promoção é válida até o dia 30 de novembro.

Mesmo para quem não receber o dinheiro, o Mercado Pago oferece como vantagens ao realizar o cadastro a taxa zero para pagamentos com código QR e link de pagamentos, limitado a 1.000 reais em vendas.

De olho no crédito

“Seguimos apoiando nossos vendedores, e também aqueles que têm sentido mais os efeitos da pandemia, ajudando-os com iniciativas, como antecipação de recebimentos e renegociação para que possam organizar melhor as finanças. Estamos oferecendo diversas iniciativas em termos de condições de crédito e facilitando a adesão a meios de pagamento para que aproveitem todo o potencial da Black Friday. Um estudo interno mostrou que 80% de nossos pequenos vendedores utilizam crédito para reinvestir no negócio”, afirma Renato Burin, head de crédito do Mercado Pago no Brasil, em comunicado.

Por isso, para além da promoção que sorteia dinheiro, o Mercado Pago também vai oferecer condições especiais de crédito aos vendedores durante a Black Friday. Serão principalmente três ações nesse sentido: a primeira é o desconto de até 44% na taxa de antecipação de recebíveis a clientes pré-aprovados durante a Black Friday (um desconto que será válido de 15/11 a 6/12 e que pode ser consultado na seção de antecipação de recebíveis no próprio app). Além disso, será possível renegociar até 100% de multas por atraso do pagamento de crédito, a quem solicitar interesse na seção “Mercado Crédito” — o que deve garantir mais fôlego aos vendedores.

Por fim, o Mercado Pago vai fornecer o cofinanciamento de campanhas de descontos no Mercado Livre. Por exemplo: se um vendedor oferecer 20% de desconto em seus produtos, o Mercado Pago vai financiar 10% e os outros 10% serão revertidos para crédito de Mercado Ads.

A ideia da fintech é que as ações possam completar o portfólio de vantagens oferecidas aos vendedores dentro da plataforma. Entre elas, estão: Pix com taxa zero para lojas online, webinars e conteúdo no blog Conexão Mercado Pago.

A vertical de pagamentos é uma das que apresentam maior crescimento dentro do Mercado Livre. No segundo trimestre deste ano, o volume total de pagamentos atingiu 10,3 bilhões de dólares, crescimento de 70,5% em dólar e de expressivos 93,5% em moeda constante. Atualmente, o Mercado Pago representa 34,4% do faturamento da empresa no país — e, em um ambiente no qual concorrentes como PagSeguro e PayPal também querem avançar, a aproximação com a base de vendedores é mais do que bem-vinda para continuar à frente.

Fonte: Exame

Mais notícias