Conectado por

Geral

Multas ambientais são convertidas em insumos para proteção de animais

As multas ambientais estão salvando a vida de animais silvestres. Desde 2020, os Cetas (Centros de Triagem de Animais Silvestres), ligados ao Ibama, receberam mais de R$ 2 milhões em insumos, adquiridos pelos próprios infratores.

São equipamentos como mesa de atendimento veterinário, ultrassonografia, terapia a laser e a construção de recintos de voo, utilizados para tratamento e reabilitação dos animais.

Isso porque, pelo Programa de Conversão de Multas Ambientais, realizado pelo Nucam (Núcleo de Conciliação Ambiental), uma infração  pode ser substituída por serviços ambientais executados diretamente pelo autuado.

Entre os resultados, está o aumento do número de animais devolvidos à natureza, e também a redução na taxa de mortes desses animais, que caiu de 18% em 2020 para 12% até maio deste ano.

Os Cetas são estruturas do Ibama responsáveis pelo manejo de fauna silvestre com a finalidade de receber, identificar, recuperar, reabilitar e destinar os animais resgatados ou entregues voluntariamente.

Meio Ambiente Brasília 25/06/2022 – 18:25 Bianca Paiva/Edgard Matsuki Leandro Martins – Repórter da Rádio Nacional multas ambientais sábado, 25 Junho, 2022 – 18:25 1:16

Fonte: Ag. Brasil

Mais notícias