Conectado por

Geral

MP-RJ lança projetos para evitar desastres após fortes chuvas no verão

O Ministério Público do Rio de Janeiro apresentou nesta quarta-feira (12) uma versão do Projeto Morte Zero voltada para a Região Serrana do Estado.  A iniciativa desenvolve trabalho de mobilização da sociedade para adoção de procedimentos de segurança a serem seguidos em épocas de chuvas fortes.

A data marca os 11 anos de uma das maiores tragédias ocorridas no país. Em janeiro de 2011 chuvas torrenciais atingiram os municípios da Serra Fluminense, provocando deslizamentos de terra e inundações que deixaram centenas de mortes e desaparecidos. O número até hoje não foi definido.

Com mediação do MP, representantes da comunidade acadêmica e da sociedade civil discutiram a criação da Rede de Resiliência da Região Serrana, justamente no momento em que temporais deixam em alerta toda a área.

O último boletim de risco hidrológico divulgado pelo Centro Estadual de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais mostra que, apesar de o volume de chuva ter diminuído nos últimos dias, cidades como Petrópolis, continuam com risco muito alto de deslizamentos de terras, em função do encharcamento do solo.

De acordo com a coordenadora do Projeto Morte Zero, a procuradora de Justiça Denise Tarin, a vigilância em relação a desastres naturais nessa região precisa ser constante.

O projeto Morte Zero foi criado pelo MPRJ, em 2014, para mobilizar a sociedade e os órgãos públicos. Desde a sua criação, ele acompanha a situação dos municípios considerados mais vulneráveis a inundações e deslizamentos no estado, divulgando, junto aos gestores públicos e integrantes da sociedade civil, ações que podem ser adotadas para evitar novas tragédias.

Nos próximos dias, o MP irá divulgar em suas redes sociais, uma campanha voltada ao público em geral, com a divulgação de vídeos explicativos sobre o projeto Morte Zero, e de ações de prevenção a desastres naturais.

Geral Rio de Janeiro 12/01/2022 – 18:03 Roberto Piza / Guilherme Strozi Tatiana Alves – Repórter da Rádio Nacional chuvas deslizamentos tragédia quarta-feira, 12 Janeiro, 2022 – 18:03 2:51

Fonte: Ag. Brasil

Mais notícias