Conectado por

Geral

MP-RJ denuncia 8 pessoas por 17 mortes em incêndio no Hospital Badim

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro denunciou oito pessoas pelas mortes de 17 pacientes, após incêndio ocorrido em 2019 no Hospital Badim, na zona norte da capital.

Entre os denunciados estão dois diretores e quatro funcionários da unidade de saúde, além de dois diretores da empresa de geradores.

Os oito foram denunciados por homicídio triplamente qualificado, com duas agravantes. De acordo com a  denúncia, o incêndio de grandes proporções no subsolo da unidade teve como causa uma anomalia do funcionamento do motor de partida do gerador, abastecido por um sistema de armazenamento de óleo diesel.

Ainda de acordo com a denúncia, a instalação não obedeceu às normas técnicas vigentes de segurança e os geradores operavam diariamente nos horários de pico de demanda, para economizar energia, em desacordo com o projeto inicial, que previa sua utilização apenas para uso emergencial.

A investigação concluiu que reformas pontuais, de valor irrisório, teriam sido suficientes para evitar a tragédia.

Segundo a denúncia as 17 mortes ocorreram em função da inalação de gases tóxicos pelas vítimas.

Justiça Brasília 15/07/2022 – 21:13 Jacson Segundo / Beatriz Arcoverde Fabiana Sampaio – Repórter da Rádio Nacional MP-RJ incêndio no Hospital Badim sexta-feira, 15 Julho, 2022 – 21:13 1:09

Fonte: Ag. Brasil

Mais notícias