Conectado por

DJ90

Nacional

Ministro do Turismo atribui cancelamento do Carnaval no país à ira divina

Publicado por

em

O ministro do Turismo, Gilson Machado, foi às redes sociais neste sábado (13) para comemorar o cancelamento do Carnaval. Ele atribui a ausência da maior festa brasileira, que atrai turistas do mundo inteiro e movimenta mais de R$ 8 bilhões todo ano, à justiça divina.

Como se não bastasse a contradição de quem está à frente do turismo no país, o ministro ainda divulgou uma informação falsa.
Ele compartilhou uma foto do desfile da Gaviões da Fiel de 2019 com legenda como se fosse de 2020. Ao lado, uma foto do sambódromo vazio neste ano.

O Carnaval de 2021, que começaria neste sábado (13), foi cancelado devido ao novo coronavírus. A aglomeração poderia ter consequências inimagináveis para a disseminação da Covid-19, que já matou mais de 238 mil pessoas no país desde o início da pandemia, segundo dados do Ministério da Saúde.

“Dá pra entender quem manda? Ou tem que desenhar?”, questiona o ministro no post, que foi alvo tanto de apoio quanto de críticas na rede social.

O tema do desfile da Gaviões em 2019 foi “A saliva do santo e o veneno da serpente”, que contou a história e as lendas em torno do tabaco. A comissão de frente mostrava a lenda de santo Antão sobre a origem do tabaco ilustrada por um confronto com o diabo.

Resposta

Diante das reações, o ministro, que também é sanfoneiro, se defendeu. “Não sou contra o carnaval, sou músico. Sou contra tripudiar e blasfemar o nosso Pai!”, escreveu no Twitter. 

Fonte: O tempo

Todos os direitos reservados para @noticiasderondonia.com.br - noticias@noticiasderondonia.com.br