Conectado por

DJ90

Geral

Maior parte dos trabalhadores do setor aeroespacial aceita suspensão do contrato de trabalho

Publicado por

em

A maior parte dos engenheiros e trabalhadores do setor aeroespacial aceitou o plano de preservação do emprego, que inclui propostas de suspensão temporária dos contratos e redução de salário. A informação é da Embraer.

 

As ações emergenciais e temporárias são válidas a partir de 13 de abril, próxima segunda-feira, e terão duração entre 60 e 90 dias, e garantia de emprego pelo período correspondente ao tempo em que os trabalhadores estiverem em redução de jornada e salário ou suspensão do contrato.

 

Segundo a fabricante de aviões, os termos propostos foram aceitos pelo Sindicato dos Engenheiros de São Paulo, Sindiaeroespacial, e o Sindicato dos Metalúrgicos de Botucatu.

 

Os profissionais terão direito ao auxílio do governo federal de até 453 reais e garantia do emprego por período proporcional ao acordo.

 

A redução no salário será de 25%. Já quem seguir com trabalho na fábrica não terá alteração na jornada ou salário.

Fonte: Ag. Brasil