Conectado por

DJ90

Geral

Maio tem aumento de 50% nos pedidos de seguro-desemprego em relação a 2019

Publicado por

em

De janeiro a maio deste ano foram contabilizados quase de 3,3 milhões de pedidos de seguro-desemprego no país. O número representa um aumento superior a 12% em comparação com o acumulado no mesmo período do ano passado, segundo informações do Ministério da Economia.

Só no mês de maio deste ano foram cerca de 960 mil pedidos; um aumento de 53% quando comparado a maio de 2019, e de 28% na comparação com abril deste ano.

No período, os três estados com maior número de requerimentos foram São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

41% dos solicitantes eram mulheres e 58%, homens. A maioria com faixa etária de 30 a 39 anos.

Com 42% dos pedidos de seguro-desemprego, o setor de serviços foi o que mais demitiu em maio, seguido de comércio, com 25,8%, e indústria, com 20,5%.

Do total de requerimentos em 2020, 50,1% foram realizados pela internet e 49,9% foram feitos presencialmente. De janeiro a maio do ano passado apenas 1,5% dos pedidos de seguro-desemprego foram feitos virtualmente.

Segundo o Ministério da Economia, as Superintendências Regionais do Trabalho ampliaram os canais para garantir o atendimento não presencial aos cidadãos durante o período da pandemia da Covid-19. O trabalhador tem até 120 dias para requerer o seguro-desemprego, e os pedidos podem ser feitos de forma 100% digital.

Fonte: Ag. Brasil

Publicidade