Conectado por

Geral

Leiloados os bens de Dario Messer conhecido como doleiro dos doleiros

Nove apartamentos, uma casa e um terreno do doleiro Dario Messer, avaliados em quase 12 milhões de reais, estão em leilão virtual aberto nesta terça-feira. Conhecido como o doleiro dos doleiros,  Messer fez o maior acordo de delação da Operação Lava-Jato no Rio. O leilão acontece pela internet e  foi autorizado pelo juiz federal Marcelo Bretas. Os imóveis que não forem vendidos agora, voltarão a  ser ofertados, com valores de  75% da avaliação.

O imóvel mais barato é um apartamento de 25 m² em Copacabana, na zona sul da cidade, com lance inicial de R$ 257 mil. O mais caro é um apartamento de 173 metros quadrados na Barra da Tijuca, zona oeste carioca, com lance mínimo de R$ 2.7 milhões. 

Em dezembro do ano passado, a força-tarefa da Lava Jato do Ministério Público Federal  no Rio de Janeiro denunciou que entre setembro de 2006 e março de 2013, dois advogados receberam da organização criminosa liderada por Messer US$ 50 mil mensais, para impedir investigações do MPF e da Polícia Federal. Os valores eram remetidos de forma ilegal para uma conta na Suíça.

As investigações alcançaram as contas mantidas irregularmente no exterior por meio de provas entregues nos acordos de colaboração premiada. Messer, foi condenado a 13 anos e quatro meses de prisão e ao pagamento de multa.

Preso em julho de 2019, após ficar foragido por mais de um ano, Messer responde a processos abertos desde o final da década de 1980. Atualmente se encontra em prisão domiciliar, por ser do grupo de risco à covid-19. Mas, já há decisão judicial, determinando que ele volte à unidade prisional, sob regime fechado,  tão logo passe a pandemia.

Justiça Rio de Janeiro 16/11/2021 – 17:03 Vitória Elizabeth / Beatriz Arcoverde Tatiana Alves – Repórter da Rádio Nacional Operação Lava Jato terça-feira, 16 Novembro, 2021 – 17:03 2:29

Fonte: Ag. Brasil

Mais notícias