Conectado por

Nacional

IML de BH participa da investigação sobre a morte de Marília Mendonça

Os corpos de Marília Mendonça e das outras quatro vítimas do acidente aéreo ocorrido na tarde desta sexta-feira (5) foram levados ao Instituto Médico Legal (IML) de Caratinga, na região Leste de Minas. Mas os especialistas do IML Dr. André Roquette, em Belo Horizonte, também devem participar do processo de investigação sobre as causas do acidente.

De acordo com o delegado regional Ivan Lopes Sales, a equipe da capital mineira está dando suporte ao trabalho desenvolvido em Caratinga. Às 5h deste sábado (6), os policiais vão enviar para Belo Horizonte as amostras coletadas das cinco vítimas. Na capital, serão feitos exames toxicológicos e patológicos, que depois poderão dar suporte às investigações.

O delegado adiantou ainda que os corpos devem ser liberados pelo IML por volta da meia-noite, para que as funerárias possam trabalhar a preparação ao longo da madrugada. Sales acredita que todo o processo deve ser encerrado até a manhã de sábado. O velório de Marília Mendonça já está marcado para acontecer no Goiânia Arena e poderá receber até 100 mil pessoas, segundo o governador de Goiás, Ronaldo Caiado.

Fonte: O tempo

Mais notícias