Conectado por

Nacional

GPA (PCAR3) tem prejuízo de R$ 172 mi no 2º tri, queda de 41%

O GPA (PCAR3) reportou na noite desta quarta-feira, 27, prejuízo de R$ 172 milhões no segundo trimestre. Em seu balanço para os meses de abril a junho, a companhia teve queda de 41% no lucro líquido consolidado, que havia sido de R$ 3 milhões no mesmo período do ano passado.

O principal indicador de caixa operacional, o Ebitda ajustado, foi de 706 milhões de reais, queda de 9% na comparação anual e abaixo dos R$ 623 milhões esperados segundo consenso da Bloomberg. A margem Ebitda ajustada recuou 1,4 ponto percentual (p.p.), em linha com o que era projetado pelos analistas.

Segundo a companhia, a alta da inflação é uma das responsáveis pelo resultado negativo do Ebitda, uma vez que o aumento de preços não foi totalmente repassado aos clientes. A companhia sofreu ainda com o aumento dos custos.

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso. Tudo por menos de R$ 0,37/dia

A receita líquida, por outro lado, foi de R$ 10,11 bilhões, alta de 9,3% na comparação anual e acima dos R$ 9,74 bilhões esperados pelo consenso dos analistas.

Vale lembrar que, no trimestre anterior, o lucro do GPA havia sido de R$ 1,4 bilhão, alta de 1.250%, com o resultado impulsionado pela venda de pontos comerciais de Extra Hiper para o Assaí. Se consideradas apenas as operações continuadas do grupo, o resultado foi prejuízo de R$ 111 milhões no primeiro trimestre.

Veja também

Fonte: Exame

Mais notícias