Conectado por
Rondônia, terça, 25 de junho de 2024.




Geral

Governo federal gastou R$ 51 bilhões no combate à Covid-19, 22% do crédito extraordinário previsto


Compartilhe:

Publicado por

em

O governo federal gastou quase R$ 51 bilhões no combate ao coronavírus. Os valores representam 22% dos R$ 226 bilhões de créditos extraordinários previstos para o enfrentamento a pandemia.

Os números constam na ferramenta de monitoramento de gastos da União, lançadas pelo Tesouro Nacional no site tesourotransparente.gov.br.

 

O Ministério da Economia apresentou, nesta sexta-feira (17), um balanço das ações da pasta frente à pandemia da Covid-19.

 

A previsão de gastos, segundo o órgão, será de mais de R$ 1 trilhão, com previsão de impacto fiscal superior a R$ 300 bilhões.

 

O governo deve ainda destinar mais de R$ 200 bilhões para o auxílio emergencial, inclusão de pessoas no Bolsa Família, pagamento de contas de luz para população de baixa renda, antecipação do abono salarial e de saque do FGTS. Até agora, foram gastos R$ 27 bilhões só com o auxílio emergencial de R$ 600.

 

O secretário-executivo do Ministério da Economia, Marcelo Guaranys, faz um balanço do primeiro mês do grupo de crise para medidas emergências da pasta.

 

Além disso, o Ministério da Economia vai disponibilizar R$ 274 bilhões em crédito. Esses valores serão destinados com redução de IOF, créditos para famílias, setor de saúde, financiamento de folha de pagamento e créditos para empresas.

 

Outra medida prevista é a liberação de mais de R$ 1 trilhão para liquidez dos bancos, e R$ 3 trilhões para liberação de capital, pelo Banco Central.

 

 

* Com informações da Agência Brasil

Fonte: Ag. Brasil

Publicidade

Mais notícias

Compartilhe: