Conectado por

Geral

Governadores definem estratégia de importação da Sputnik V

Governadores do Norte e do Nordeste se reuniram neste sábado (5) para definir os próximos passos que vão garantir a entrada no Brasil de 37 milhões de doses da vacina Sputnik V, adquiridas pelos estados. O pedido de importação da vacina produzida na Rússia foi feito por seis estados do Nordeste: Bahia, Ceará, Maranhão, Pernambuco, Piauí e Sergipe.

Na noite de sexta-feira (4), a Anvisa autorizou a importação extraordinária da vacina Sputnik V, da Rússia, aos estados, e da Covaxin, da Índia, ao Ministério da Saúde, com restrições. O colegiado limitou a quantidade de doses a 1% da população de cada estado solicitante, no caso da Sputnik V, e a 4 mil doses para a Covaxin. Entre as limitações impostas pela Anvisa estão a vacinação apenas de pessoas de 18 a 60 anos, que não sejam gestantes ou tenham dado à luz recentemente; não tenham comorbidades; não tenham recebido transfusão de sangue nos últimos três meses nem tenham feito tratamento contra câncer nos últimos três anos.

O aval da Anvisa para importação da Sputnik V foi comemorado pelos governadores nas redes sociais. Camilo Santana, que é governador do Ceará considerou a medida um avanço, mesmo sendo essa autorização excepcional e de forma controlada. Já o governador da Bahia, Rui Costa, falou que agora o desafio é fazer com que essas doses cheguem aos estados.

E o governador do Maranhão, Flávio Dino, lembrou das vidas que poderão ser salvas agora com a possibilidade de imunização com mais essa vacina e que será possível sair mais rapidamente da crise sanitária e econômica provocada pela pandemia.

*Com colaboração de Victor Ribeiro

Saúde Brasília 05/06/2021 – 15:01 Priscilla Mazenotti/Naitê Almeida Daniella Longuinho* – Repórter da Rádio Nacional covid-19 coronavírus vacina Anvisa Covaxin Sputnik V Governadores do Nordeste sábado, 5 Junho, 2021 – 15:01 2:36

Fonte: Ag. Brasil

Mais notícias