Conectado por

Nacional

Golfo do México vira “oceano de fogo” após explosão de oleoduto

Um oleoduto subaquático no Golfo do México se rompeu na manhã dessa sexta-feira, deixando a superfície do oceano em chamas. De acordo com a estatal Pemex, o problema aconteceu a oeste da península mexicana de Yucatán. A empresa afirma que um vazamento de gás foi a principal causa do incêndio e que as instalações foram afetadas por uma tempestade elétrica e fortes chuvas.

 Quer saber como a inovação pode ajudar o seu negócio? Faça o curso Inovação na prática

Vídeos sobre o incêndio ganharam as redes sociais e o acidente ganhou o apelido de “olho de fogo”, por causa do formato que as chamas apresentavam no oceano.

As chamas começaram no campo de petróleo Ku Maloob Zap , carro-chefe da Pemex, por volta das 5h15, horário local, e foi extinto somente às 10h30. Para conter o fogo, trabalhadores da empresa usaram nitrogênio. Ao todo, foram usados três barcos nessa operação.

Para ter uma ideia, esse local é o maior produtor de petróleo bruto da Pemex, respondendo por mais de 40% da produção diária de 1,7 milhão de barris.

Em resposta aos questionamentos da imprensa, a empresa afirmou que vai investigar a causa do incêndio e disse que não houve feridos.

Fonte: Exame

Mais notícias