Conectado por

Nacional

Feira Preta ganha loja no Mercado Livre para apoiar empreendedorismo negro

Uma parceria entre Mercado Livre e Feira Preta, evento voltado à economia e cultura negra, deve fomentar o empreendedorismo negro na América Latina. A partir de agora, empreendedores que comercializam produtos no evento ganham uma loja oficial da Feira Preta, recém-lançada dentro do marketplace do Mercado Livre.

A união entre as duas marcas já acontece desde 2018, quando o Mercado Livre passou a transmitir a Feira Preta em tempo real, especialmente em 2020, durante a pandemia. Com a nova loja oficial, a proposta é permitir que esses empreendedores possam ter um espaço dedicado à exposição de seus produtos de forma perene. Além disso, o Mercado Livre também dará descontos exclusivos nas taxas de uso do marketplace para esses empreendedores — hoje em torno de 40%.

Às vésperas da próxima edição da Feira Preta, que acontecerá entre os dias 20 de novembro e 10 de dezembro, a loja virtual já conta com mais de 60 empreendedores que juntos oferecem mais de 500 produtos de 18 categorias diferentes, de roupas a brinquedos e artigos para casa.

“Com a loja oficial, damos ainda mais visibilidade, de forma constante, conectando esses empreendedores com nossos mais 75,9 milhões de usuários na região”, diz Laura Motta, gerente de sustentabilidade do Mercado Livre.

Outro benefício está em uma cartilha especial dedicada à solucionar dúvidas comuns de empreendedores. O “guia” será dispobilizado de forma gratuita pelo Mercado Livre em formato digital ou, ainda, por meio de um atendimento com um consultor em tempo real, em um serviço de atendimento ao consumidor no site.

“A parceria com o Mercado Livre se desdobrou em diversas frentes, impulsionando negócios e nos ajudando a construir novas narrativas para a população negra. Termos hoje uma loja oficial para os empreendedores da Feira Preta, na maior plataforma de e-commerce da América Latina, é, além de uma realização, a prova de que estamos não somente fortalecendo a transformação digital, mas ultrapassando territórios e oferecendo oportunidades de crescimento”, diz Adriana Barbosa, fundadora da Feira Preta e CEO da PretaHub.

Série de vídeos

Junto ao marketplace, as duas marcas se unem para a criação de uma websérie que retrata histórias reais de empreendedores que comercializam itens na plataforma e suas marcas. Serão cinco episódios transmitidos no Facebook e YouTube do Mercado Livre. A intenção é engajar e estimular empreendedores com as histórias das marcas de roupas Resisto OPM e Modash e também a SoulBrio, que reúne cosméticos veganos; Da minha Cor e Pretapretin, de itens diversos e ligados à cultura negra.

Conheça as histórias empreendedoras mais inspiradoras do país. Assine a EXAME.

 

De 1 a 5, qual sua experiência de leitura na exame?
Sendo 1 a nota mais baixa e 5 a nota mais alta.

Seu feedback é muito importante para construir uma EXAME cada vez melhor.

Fonte: Exame

Mais notícias