Conectado por

Geral

Ex-vereador do Rio vira réu em mais um caso de violência contra mulher

O ex-vereador Jairo Souza Santos Júnior, o Dr. Jairinho, se tornou réu pelo crime de estupro contra uma ex-namorada. A denúncia, apresentada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro no dia 20 de julho, foi aceita pelo 3º Juizado de Violência Doméstica da capital fluminense.

No mesmo documento, Dr. Jairinho é denunciado por lesão leve e grave, vias de fato e lesão na modalidade de dano à saúde emocional contra a ex-namorada. Os crimes teriam sido cometidos durante o período em que se relacionavam, entre os anos de 2014 e 2020.

Ao longo desse período, ainda de acordo com a denúncia, o ex-vereador teria praticado agressões físicas e ofensas verbais contra a então namorada, que chegou a ter o pé quebrado após chutes.

A Promotoria de Justiça chama a atenção para o fato de o denunciado ostentar histórico de ofensas e agressões, “demonstrando não se intimidar com os sucessivos registros de ocorrência policial”, especialmente em crimes contra a mulher.

O ex-vereador está preso desde o dia 8 de abril acusado de homicídio triplamente qualificado do menino Henry Borel, de 4 anos de idade, filho de uma outra ex-namorada, Monique Medeiros, que segue detida por envolvimento no caso que chocou o país. Henry morreu dia 8 de março deste ano, após sofrer múltiplas lesões atribuídas a tortura.

Além da morte de Henry Borel, o ex-vereador é réu em dois casos de torturas contra filhos de mulheres com quem também manteve relacionamento amoroso e ainda por violência doméstica.

Geral Rio de Janeiro 18/11/2021 – 16:13 Vitória Elizabeth / GT Passos Lígia Souto – Repórter da Rádio Nacional Jairinho Violênica quinta-feira, 18 Novembro, 2021 – 16:13 1:43

Fonte: Ag. Brasil

Mais notícias