Conectado por



Nacional

EUA chamam Estado Islâmico de ‘inimigo terrorista comum’


Compartilhe:

Publicado por

em

A Casa Branca afirmou neste sábado, 30, que o grupo Estado Islâmico (EI) é “um inimigo terrorista comum”, ao condenar o atentado realizado na véspera em uma sala de shows de Moscou, que deixou mais de 130 mortos.

Os Estados Unidos condenam energicamente o ataque terrorista hediondo em Moscou“, declarou a secretária de imprensa da Casa Branca, Karine Jean-Pierre, ressaltando que “o EI é um inimigo terrorista comum, que deve ser derrotado em todas as partes”.

Rússia afirma ter prendido supostos autores do ataque

O Kremlin anunciou neste sábado, 23, que prendeu onze pessoas, incluindo “quatro” agressores, um dia depois do ataque que deixou pelo menos 115 mortos em uma sala de concertos em Moscou, reivindicado pelo grupo jihadista Estado Islâmico (EI).

O diretor dos serviços de segurança russos (FSB) “informou” o presidente Vladimir Putin da “detenção de 11 pessoas, incluindo os quatro terroristas diretamente envolvidos no atentado”, afirmou a Presidência russa em um comunicado.

As quatro pessoas foram detidas na região de Bryansk, na fronteira com a Ucrânia e Belarus, informou o Comitê de Investigação Russo, competente neste tipo de crimes.

O ataque aconteceu na sexta-feira, antes de um concerto do grupo de rock russo Piknik, em uma sala de concertos do Crocus City Hall, em Krasnogorsk, um subúrbio a noroeste de Moscou.

Fonte: Exame

Publicidade

Mais notícias

Compartilhe: